A Meditação do Dia - Gerson Borges

Ler é um exercício espiritual. O texto por excelência, a Bíblia, revela uma pessoa - Deus. Pessoas. Relacionamento. Vida. Eis o mundo da leitura! " Tome e Leia!" (Agostinho)

25.4.05

25 de abril - Nutrir a alma

Bom, dia, amados!

Um texto, digamos, nutritivo enviado pela Isabele Ludovico às mulheres da nossa comunidade. Tomo a liberdade de partilhá-lo com vocês.
Bon apetit
!


" Nem só de pão viverá o homem..."
Moisés, no Deuteronônio

" A Palavra do Senhor é alimento..."
David, nos Salmos

Paz, então!

Gerson


Cardápio da Alma
Martha Medeiros

Arroz, feijão, bife, ovo. Isso nós temos no prato, é a fonte de energia
que nos faz levantar de manhã e sair para trabalhar. Nossa meta primeira
é a sobrevivência do corpo. Mas como anda a dieta da alma?

Outro dia, no meio da tarde, senti uma fome me revirando por dentro. Uma
fome que me deixou melancólica. Me dei conta de que estava indo pouco ao
cinema, conversando pouco com as pessoas, e senti uma abstinência de
viajar que me deixou até meio tonta. Minha geladeira, afortunadamente,
está cheia, e ando até um pouco acima do meu peso ideal, mas me senti
desnutrida. Você já se sentiu assim também, precisando se alimentar?

Revista, jornal, internet, isso tudo nos informa, nos situa no mundo, mas
não sacia. A informação entra dentro da casa da gente em doses cavalares
e nos encontra passivos, a gente apenas seleciona o que nos interessa e
despreza o resto, e nem levantamos da cadeira neste processo. Para
alimentar a alma, é obrigatório sair de casa. Sair à caça. Perseguir.

Se não há silêncio a sua volta, cace o silêncio onde ele se esconde,
pegue uma estradinha de terra batida, visite um sítio, uma cachoeira, ou
vá para a beira da praia, o litoral é bonito nesta época, tem uma luz
diferente, o mar parece maior, há menos gente.

Cace o afeto, procure quem você gosta de verdade, tire férias de rancores
e mágoas, abrace forte, sorria, permita que lhe cacem também.

Cace a liberdade que anda tão rara, liberdade de pensamento, de atitudes,
vá ao encontro de tudo que não tem regras, patrulha, horários. Cace o
amanhã, o novo, o que ainda não foi contaminado por críticas, modismos,
conceitos, vá atrás do que é surpreendente, o que se expande na sua
frente, o que lhe provoca prazer de olhar, sentir, sorver. Entre numa
galeria de arte. Vá assistir a um filme de um diretor que não conhece.
Olhe para sua cidade com olhos de estrangeiro, como se você fosse um
turista. Abra portas. E páginas.

Arroz, feijão, bife, ovo. Isso me mantém de pé, mas não acaba com meu
cansaço diante de uma vida que, se eu me descuido, torna-se repetitiva,
monótona, entediante. Mas nada de descuido. Vou me entupir de calorias na
alma. Há fartas sugestões no cardápio. Quero engordar no lugar certo. O
ritmo dos dias é tão intenso que às vezes a gente esquece de se alimentar
direito.

1 Comments:

Anonymous Neide Multini said...

Amados, que alegria começar, a segundona com uma leitura dessa, BENÇÃO PURA!
" A minha alma tem fome de Deus..." e é totalmente saciada com sua presença santa, "manifestada através dos dons que recebemos para servir os outros, administrando fielmente a graça de Deus em suas multiplas formas."(I Pedro 4:10)
Obrigada Senhor, por eu ser receptiva à Sua palavra e aos ensinamentos que ministrados por meus irmãos amados, fazem parte de minha rotina...
Em nome de Jesus...

11:29 AM  

Postar um comentário

<< Home