A Meditação do Dia - Gerson Borges

Ler é um exercício espiritual. O texto por excelência, a Bíblia, revela uma pessoa - Deus. Pessoas. Relacionamento. Vida. Eis o mundo da leitura! " Tome e Leia!" (Agostinho)

13.5.05

Viva o Pentecostes ( bíblico )!

13 de Maio - A Meditação do Dia

Meu amigo, Tião Molina Sanches ( presbiteriano ) escreveu o belo texto abaixo, a nossa meditação de hoje : viva o pentecostes ( bíblico ) !

Gerson

Viva o Pentecostes!

( Ler Deuteronomio 16:9-12. )

Quando completamos 50 dias que comemoramos a Pascoa, acontece uma outra Festa que é Pentecostes. O nome dessa festa vem do numero 50. Lembram-se do Penta? Pois é a palavra
Pentecostes tem a mesma raiz. Esta festa é considerada como uma das grandesfestas judaicas. A festa de Pentecostes é também conhecida como Festa das Semanas (Shavuot), Festa dos Primeiros Frutos e Festa das Primícias. A partir da Páscoa, são contados
50 dias ou 7 semanas (Lv 23:11,12 e 15; Dt 16:9-12).No
50º dia após a colheita, fazia-se um culto de ação de
graças pela colheita, na casa de Deus. Esta é uma festa de gratidão, de lembrar e relembrar as bênçãos concedidas por Deus, há um antigo costume de se contar 50 bênçãos, uma para cada dia que separa a Páscoa de Pentecostes.

No calendário cristão, a festa de Pentecostes celebra
também o envio do Espírito Santo, 50 dias depois da
ressurreição do Senhor.Tudo aconteceu no templo de
Jerusalém durante a festa, tradicional para os judeus,
do Pentecostes. Era o primeiro dia da semana, Domingo
no calendário romano; e, também, era o ano de 3.790 no
calendário hebraico. Os 120 discípulos (At 1:15) reunidos ali representavam "a colheita dos primeiros frutos". Lucas descreve bem em Atos 2 o ocorrido... estavam todos reunidos num
mesmo lugar, de repente veio do céu um som, como de um
vento impetuoso e encheu toda a casa onde estavam
assentados. Aqueles homens ficaram cheios do Espírito
e foram transformados. Não mais com medo das
autoridades religiosas; não mais se encontrando
secretamente no cenáculo, mas audaciosamente,
publicamente, proclamando sem medo as grandezas de
Deus.
...............